Porque usar o Marketing Viral com Influenciadores Digitais?

Para se saber o que é Marketing Viral, pense no significado de viral – ou viralizar.

Vírus é algo que se espalha rapidamente por ter o poder grande de dispersão.

Dentro do marketing, um conteúdo viral é aquele que se espalha de forma rápida e em grande escala.

Aquelas postagens com centenas de comentários, compartilhamentos e curtidas são resultados de estratégia de Marketing Viral bem sucedida.

Ao criar um artigo que estimula cada receptor a compartilhar dentro da sua rede de amigos este conteúdo, a probabilidade dele se tornar viral é bem grande.

Apesar das redes sociais serem ferramentas novas dentro do Marketing Viral, essa sacada de viralizar já existe há algum tempo como vemos em bordões como por exemplo: A união não faz a força, ela faz o açúcar. E a ideia de que tomar leite e comer manga mata? Outro casode viralização!


Marketing Viral com Influencer Digital

Hoje, os meios de propagação da informação são outros e mais abrangentes.

Internet, televisão e rádio são só alguns exemplos e, dentro de cada um deles, há infinitos métodos de dispersão.

Tenho certeza que você conhece a página Chapolin Sincero, ou a expressão “meus óculos, ninguém sai”.

Da mesma forma que os dois exemplos anteriores, essas são ideias virais e que não precisaram de anos e gerações para ficarem tão conhecidas.


Essa é uma das maiores vantagens das mídias sociais para o Marketing Viral: em questão de segundos é possível atingir milhões de pessoas. E estamos falando a respeito de boas estratégias de Marketing Viral e das negativas também.


É impossível ignorar o quanto o Marketing Viral tem poder.

Se você ainda não tem certeza se vale a pena investir nessa estratégia, vou lhe mostrar algumas evidências desse poder.


Vamos pensar em uma das marcas que mais investem em Marketing, a Coca-Cola.

É impossível que você nunca tenha visto ou ouvido falar da empresa e, mesmo assim, eles investem pesado em Marketing Viral.

Tenho certeza que você lembra das latinhas com nomes, lançadas há pouco tempo.

Quando uma pessoa ia ao mercado e via o nome de um amigo, comprava o refrigerante e logo tirava uma foto marcando nas redes sociais o amigo.

Perceba que automaticamente o nome da empresa foi compartilhado com toda a rede das duas pessoas envolvidas?

E o melhor de tudo é que a empresa não teve mais nenhum gasto com essa dispersão! A não ser, é claro, o gasto com a formulação dessa campanha.

Dessa forma, o nível de popularização da marca aumenta, e as chances de despertar a vontade de outros de terem uma lata com seu nome também.


O Marketing Viral não é fundamental apenas para atingir novos públicos, mas também fazer com que seus clientes se lembrem da sua marca.

De fato, se você tem uma equipe eficiente, criativa e antenada no comportamento atual do público alvo, não precisa ser uma empresa gigante no mercado para iniciar um conteúdo viral.

O que quero dizer é que não existem mais fronteiras que impeçam que sua marca chegue em cada canto do país.

Se a sua empresa fica em uma pequena cidade no sul de Minas Gerais, está na internet e você tem uma estratégia de Marketing Viral, você pode ser visto em qualquer lugar!

Melhores Dicas Para Fazer Marketing Viral   

Minha principal dica para criar uma estratégia eficiente de Marketing Viral é: acompanhe o seu público alvo. Saber o que comove e o que desperta emoções nas pessoas fará com que as chances do seu conteúdo viralizar aumentem significativamente.

  

O Marketing Viral pode parecer algo informal, levado muitas vezes na brincadeira. Você, como um bom empreendedor, sabe que não se pode subvalorizar o resultado das suas campanhas.

Viralizar pode ser incrível, mas se você não se atentar para o seu ciclo de vendas, poderá ter que lidar com o marketing negativo. E devemos sempre fugir disso!

Sua equipe precisa estar informada sobre a formulação total das campanhas de Marketing Viral para atender de forma eficiente a demanda que aparecer.

Frustrar seu cliente, seja por falta de estoque ou por propaganda enganosa, é extremamente prejudicial para a imagem da sua empresa. Seja criativo, mas não crie expectativas irreais nos seus espectadores.


O compartilhamento dentro das mídias sociais é a ferramenta gratuita de propagação mais eficiente dentre todas as ferramentas do Marketing Viral. Quanto mais compartilhável for o conteúdo produzido, mais rápida será a dispersão dele.

Facilite essa etapa. Não coloque formulários como requisito para o compartilhamento. Você estará cobrando um valor maior do que seu usuário estará disposto a pagar pelo compartilhamento.

Outra ferramenta para um Marketing Viral eficiente é a produção de conteúdo em formato de vídeo ou imagens. Não à toa que o YouTube tem ganhado tanta visibilidade no mundo publicitário!

Empresas estão investindo cada vez mais em materiais audiovisuais. Devido a praticidade e agilidade com que esse conteúdo é absorvido, é de longe o tipo mais compartilhado pelos internautas.

É importante lembrar que o acesso à internet pelo celular cresceu consideravelmente. Monte a sua estratégia de Marketing Viral incluindo esse público, certo?


O conteúdo audiovisual corrobora para essa estratégia ser mais eficiente. Afinal, baixar PDFs, salvar e compartilhar arquivos de texto ocupam mais espaços do que vídeos e imagens.

A praticidade dos vídeos fez com que a rede do YouTube se tornasse uma das redes mais populares – tanto para as empresas quanto para os usuários. A marca consegue chegar aos clientes de uma forma tão natural que ele não percebe que é publicidade.

Falei acima a respeito de facilitar o compartilhamento, certo? Mas como fazer isso?

Deixe botões de compartilhar visíveis e, logo abaixo do conteúdo reproduzido, use redes sociais que façam conexão com outras redes.

O próprio Youtube, por exemplo, lhe fornece a possibilidade de compartilhamento direto com o Facebook, Twitter, Google+, Linkedin e etc.

Inclua essa estratégia no seu blog!


Percebemos claramente que, dentro do Marketing Viral, existem tendências para cada período de tempo.

Já passamos pela fase das campanhas que fixam na cabeça, ou seja, as que utilizavam de boa forma e beleza para promover marcas. Atualmente, memes e bordões acabam viralizando com muita mais facilidade e frequência.


Independentemente se a sua estratégia de Marketing Viral vai seguir tendências ou não, a relevância do seu conteúdo é fundamental.

Não adianta usar um bordão viral se ele não se encaixa na essência da sua campanha. É necessário para o Marketing Viral que a imagem e a história da sua empresa estejam de acordo com a campanha que foi montada.


Lembre-se: pessoas famosas, bordões e tendências não garantem a efetividade do seu planejamento de Marketing Viral! Invista na relevância e na coerência.

É óbvio que cada nicho de clientes possui características próprias e, naturalmente, um comportamento diferente. Desta forma, entenda o que comove as pessoas e eu garanto que você vai conseguir ser uma fera do Marketing Viral!


Nesta etapa, a pesquisa de mercado é extremamente fundamental.

Depois de feita, é possível traçar uma série de características do seu público, como o que ele curte, quais pessoas e páginas ele segue, etc. Por meio desse perfil, fica mais fácil saber quais conteúdos têm mais chances de afetá-lo ou entretê-lo e selecionar os melhores Influenciadores Digitais para as campanhas.


Exemplo: você tem uma marca de produtos naturais e orgânicos, o seu público alvo é, normalmente, ligado a natureza, saúde e meio ambiente.

Vamos usar Influenciadores que já estejam alinhados com este conceito e que tenha um público que faça sentido ao tema gerando muito mais compartilhamentos.

Dessa forma, você cria uma cadeia de pessoas engajadas com o seu conteúdo. E isso nada mais é que o reflexo do Marketing Viral.




Tipos de Conteúdo Viral 

Bom, mencionei acima que você precisa conhecer os interesses do seu público. Mas, e se eu quiser atingir um nicho grande de indivíduos? Existem características gerais para o Marketing Viral ser eficiente?

Sim, existem!


O ser humano, apesar de complexo e cheio de peculiaridades, costuma ser afetado por alguns itens gerais. Vamos a eles:

– Ser engraçado ou divertido

– Ser surpreendente

– Fazer sentir, ser emocional

– Ser útil ou informativo

– Constranger ou provocar

– Ser fofo

– Fazer pensar

– Ser diferenciado

– Ser dramático

– Transmitir os valores e crenças das pessoas.


Se você conseguir preencher alguns desses pontos, com certeza, a sua campanha afetará uma grande porcentagem de pessoas. Afetar mais pessoas é o item mais básico dentro do Marketing Viral.

Um dos fatores que mais corroboram para o uso do Marketing Viral é o fato de você conseguir divulgar seu conteúdo gratuitamente. Afinal, o meio de divulgação é o próprio público dentro das mídias sociais.


Você considerando complexas ou não, as técnicas de SEO são fundamentais para o Inbound Marketing e, consequentemente, para o Marketing Viral.

Se você quer desenvolver um negócio e mantê-lo a longo prazo, é necessário trabalhar para conseguir tráfego de busca orgânica.

Uma estratégia de Marketing Viral eficaz começa com uma palavra-chave. Você não pode ir muito longe com os motores de busca se você não entender o estudo de palavras-chave e otimização.

Isto é ainda mais importante, dado que os usuários consideram extremamente relevantes as palavras-chave que digitam no Google.


Logo vemos que precisamos dos Influenciadores certos, para fazer a comunicação adequada com as técnicas e ferramentas próprias para se impactar o público alvo corretamente.


Explore

FAQ

Envio e Devoluções

Política da Loja

Métodos de Pagamento

Receba o Blog no e-mail